Categoria: Emagrecimento

Spinning: 7 Benefícios, Se Emagrece e Como Ter Resultados

Spinning: 7 Benefícios, Se Emagrece e Como Ter Resultados

Com a busca de melhorar a saúde, bem estar e também estética, muitas pessoas recorrem a academias para conseguir conquistar seus objetivos.

Nesta há varias modalidades que podem servir de ferramenta para conseguir tônus muscular, emagrecimento e melhorar a qualidade de vida.

O spinning é uma das aulas de maior demanda nas academias por pessoas que buscam entre o principal objetivo a diminuição da gordura corporal.

Sendo assim, neste artigo será explicado o que é o spinning, 7 benefícios de sua prática, assim como dicas e cuidados ao praticar esta modalidade.

Saiba mais: Kifina

O que é spinning
O spinning é uma modalidade de aulas na academia, a qual é realizada sobre uma bicicleta estacionária e que o ritmo e aulas são administrados por um profissional de Educação Física especializado neste tipo de atividade.

São utilizadas músicas para tornar a aula mais dinâmica e atraente para seus praticantes, além de poder ser adaptada para as necessidades e grau de condicionamento daqueles que a realizam.

7 Benefícios do spinning
Por ser uma atividade bem divertida e dinâmica, um número muito grande de pessoas procuram o spinning, pois esta traz alguns benefícios a seu praticante como:

1- Aumento da capacidade cardiovascular

O spinning é uma atividade predominantemente aeróbica e sua prática constante auxilia no desenvolvimento de uma melhor capacidade cardiovascular.

Dessa forma, contribui para uma melhor saúde do coração dos seus praticantes e também tem impacto positivo na qualidade de vida das pessoas que realizam esta modalidade.

2- Auxilia no processo de emagrecimento

A aula de spinning proporciona um gasto calórico considerável e também um aumento do metabolismo, o qual aliado a hábitos alimentares saudáveis proporciona uma diminuição na quantidade de gordura corporal. Uma aula com duração de 50 minutos pode queimar até 750 calorias.

Leia também: Kifina é bom

Como Perder Barriga: Exercícios e Dieta

3- Tonifica abdômen e membros inferiores

Nesta modalidade há um grande trabalho dos músculos inferiores, sendo que, quadríceps, glúteos e panturrilhas são bem trabalhados durante as aulas.

O abdômen também é trabalhado durante a aula como estabilizador do tronco.

Além de proporcionar um melhor tônus muscular, as aulas de spinning também contribuem para o aumento da resistência muscular dos membros inferiores.

4- Combate o estresse

Uma aula dinâmica e com a utilização de um repertório musical auxilia a tornar o ambiente desta modalidade mais agradável, garantindo uma atmosfera lúdica que auxilia no combate ao estresse.

5- É flexível e pode ser ajustada aos praticantes

Muitos imaginam que todas as aulas de spinning são extenuantes e que somente os mais condicionados podem praticá-la.

Porém, a intensidade pode ser adaptada ao tipo de público que participa da atividade, sendo que idosos também podem participar, desde que sejam respeitadas suas limitações e individualidades.

6- Acompanhamento do progresso

A maioria das bicicletas conta com um contador que indica a quantidade de quilômetros percorridos, velocidade, assim como também é possível utilizar um frequencimetro nos alunos para mensurar a sua frequência cardíaca.

Estas informações podem ser acompanhadas pelo professor responsável da aula com a finalidade de planejar e adaptar a aula para melhor suprir as necessidades dos alunos.

7- Melhora a saúde dos ossos

No spinning os ossos são submetidos a um estresse assim como os músculos, o que com o tempo promove o aumento da densidade óssea.

Este fato é muito importante na prevenção e combate a osteoporose, contribuindo para a saúde e qualidade de vida de seus praticantes.

Veja a postura correta e como fazer corretamente

Leia também:

11 Exercícios em Casa para Perder Barriga (Homens e Mulheres)

Queime mais calorias fazendo o HIIT

Caso ainda não conheça esse método de treino para queimar gordura, veja aqui nosso artigo sobre o HIIT e aqui outros treinos intervalados. Eles são extremantes eficientes na queima de gordura.

Veja também:
18 Remédios para emagrecer que são naturais e não prejudicam a saúde
Cuidados e possíveis contraindicações do spinning
Apesar do spinning proporcionar benefícios tanto para a saúde como para a estética daqueles que a praticam, para tornar a atividade mais segura e eficaz é necessário tomar algumas precauções, como:

Consultar um médico antes de iniciar
Antes de iniciar qualquer atividade física é necessário fazer um check-up para saber se está apto a efetuar qualquer modalidade com segurança.

Ajustar o banco a altura do praticante
Um banco muito alto ou baixo pode resultar em dores e desconforto na região da coluna e joelhos, podendo levar a lesões nestes locais.

Sendo assim, antes de iniciar a atividade é necessário realizar os ajustes necessários na bicicleta, colocando o banco na altura correta.

Respeitar os limites
Muito importante para evitar quaisquer acidentes ou problemas é respeitar os limites.

É importante tentar progredir, porém este processo deve ser gradual, sem pressa para assim conseguir melhores resultados com a atividade, porém sem colocar a saúde em risco.

Leia também:

10 tipos de abdominais para (ajudar a) perder a barriga

Concluindo

O spinning é uma modalidade que atrai muitas pessoas por auxiliar no emagrecimento e proporcionar uma melhora na capacidade cardiovascular, além de ser dinâmico e divertido.

São muitos benefícios associados à prática, porém também é importante contar com o acompanhamento de um profissional capacitado, sendo o profissional de educação Física o mais indicado para prescrever o exercício.

Apesar de ser uma atividade prazerosa, é necessário respeitar a individualidade de cada praticante e adaptar as sessões de maneira a atender as necessidades de cada um, tornando-a segura e eficaz para todos e contribuindo para a melhora da qualidade de vida e saúde das pessoas.

Benefícios do Chá de Gengibre

Benefícios do Chá de Gengibre

O Gengibre – a raiz ou, na verdade, o rizoma da planta Zingiber officinale – é originário do sudeste asiático, e um tempero popular na cozinha de muitos países da zona, onde desde há milhares de anos se reconhecem os seus efeitos medicinais.

Foi uma das primeiras especiarias em chegar ao Ocidente, e era muito apreciado pelos gregos e, mais tarde, pelos romanos. Apesar de não ser um elemento típico da cozinha mediterrânea, o seu consumo como tisana é cada vez mais frequente.

Leia também: chá de gengibre

Quem pode beber?
Apesar de ter enormes benefícios para a saúde, o gengibre pode causar problemas nalguns casos.

O seu uso durante a gravidez é controverso. Não existem dados que permitam afirmar que é perigoso, e muitas grávidas bebem infusões de gengibre para diminuir os enjoos matinais. No entanto, alguns estudos apontam que pode afectar as hormonas e causar problemas no feto. Por essa razão deve beber-se apenas em pequenas quantidades e nunca durante vários dias seguidos.

Ao afetar a coagulação sanguínea, o consumo de gengibre pode aumentar, em pessoas com alguma propensão, a facilidade com que pequenos golpes dão origem a nódoas negras. Para além disso, não deve ser consumido por quem toma medicamentos anticoagulantes, mesmo que seja só uma aspirina.

Quem toma medicamentos para controlar a tensão arterial não deve beber esta infusão sem antes consultar o médico, para prevenir possíveis interações.

Não dê chá de gengibre a crianças com menos de 2 anos de idade.

Qual a dose ideal?
Como regra geral, pode consumir-se gengibre durante as refeições tendo em conta que não deve exceder os 4 gramas por dia. Se for consumido apenas em infusões, a dose recomendada são quatro chávenas.

Como prepará-lo?
Ingredientes para uma chávena:

4-6 fatias finas de gengibre acabadas de cortar e descascadas (raspe com uma faca e verá que a pele sai com facilidade).
Uma chávena e meia de água.
Açúcar, mel ou xarope de agave.
Sumo de lima ou de limão (opcional).
Cortar o gengibre em pequenos pedaços, para aumentar a área de contacto com água e extrair assim mais sabor.
Num recipiente que possa ir ao lume aquecer a água e, quando levantar fervura, juntar o gengibre.
Deixar macerar durante pelo menos 10 minutos.
Retirar do lume e juntar os outros ingredientes.
Há um horário adequado para consumi-lo?
Pode ser consumido ao longo de todo o dia, sem restrições.

Se o objetivo é reduzir os enjoos em viagens de carro ou avião, deve ser consumido uma hora antes no início do deslocamento. Bebê-lo durante a viagem ajuda a manter o efeito.

Benefícios do gengibre para a Saúde
Para além de ser uma boa fonte de vitamina C, vitamina B6, magnésio e potássio, o gengibre tem muitas propriedades saudáveis, verificadas em estudos científicos:

O gingerol, uma molécula presente nesta planta, estimula a circulação e ajuda a prevenir problemas cardiovasculares ao controlar a coagulação sanguínea. Ao inibir a agregação das plaquetas evita a formação de trombos.
Pela sua acção anti-inflamatória é uma boa ajuda no tratamento da doença de Crohn, inibindo a síntese das moléculas responsáveis pela inflamação a nível do intestino.
Também contribui a melhorar as dores provocadas pela osteoartrite. Apesar de alguns estudos indicarem que o seu efeito anti-inflamatório e analgésico é semelhante ao do ibuprofeno, um consumo continuado pode ajudar a melhorar a qualidade de vida de pacientes crónicos, reduzindo a medicação. É possível que tenha o mesmo efeito no tratamento da artrite reumatoide.
Pelo mesmo motivo, alguns estudos indicam que beber chá de gengibre um mínimo de três vezes por dia reduz as dores associadas com a menstruação.
Embora não existam estudos sistemáticos sobre este tema, o seu consumo também se recomenda como tratamento para as dores de cabeça.
Tanto bebido como em aplicação tópica, o chá de gengibre ajuda a reduzir as dores musculares causadas pelo exercício físico intenso.
É eficaz no controle dos enjoos. Apesar de não evitar as náuseas, reduz os vómitos, os suores frios e o mal-estar físico inerente. Alguns estudos indicam que a eficácia do gengibre é reduzida, quando comparada com medicação para o mesmo efeito. A vantagem é a ausência de efeitos secundários, frequentes no caso dos medicamentos.
A mesma logica se aplica no seu uso para prevenir os enjoos causados por tratamentos de quimioterapia. Nestes casos, o consumo de chá de gengibre é muito recomendável, porque vários estudos recentes demostraram a sua eficácia no tratamento do cancro de mama, da próstata ou dos ovários. O gengibre é capaz de inibir o crescimento dos tumores e de promover a morte das células cancerígenas.
Estudos preliminares indicam também que o seu consumo ajuda a normalizar níveis elevados de colesterol.
Principais dicas sobre o chá de gengibre
É preferível comprar a raiz fresca do que usar saquetas de chá, que têm uma menor quantidade de gengibre, muitas vezes adulterado e misturado com outras ervas.
Para conservar a raiz durante muito tempo pode congelá-la. Não perde nenhuma das suas propriedades e, bem protegida, dura muito tempo. Pode usar o gengibre congelado da mesma maneira que o fresco.
O segredo para fazer um chá verdadeiramente saboroso é usar a quantidade exacta de gengibre. É uma questão de experimentar até dar com a quantidade que mais lhe agrada. Como regra geral, use mais gengibre do que pensa que pode precisar.
Uma receita eficaz para aliviar dores de garganta e tosse com expetoração é fazer uma infusão de gengibre com mel, rodelas de limão e três ou quatro cravinhos da Índia.

Perca até 4 kg em 15 dias com detox pronto

Perca até 4 kg em 15 dias com detox pronto

Conheça os novos sucos detox prontos que desincham a barriga e expulsam as toxinas do organismo sem dar trabalho.
O suco detox é a saída prática e rápida para se livrar do inchaço. Ele consegue estimular o intestino e os rins, deixando a barriga mais seca. “A bebida consegue eliminar pela urina as toxinas e o líquido retido, porque é geralmente composta por nutrientes concentrados, como vitaminas, minerais e fibras, que ativam o intestino. É um verdadeiro processo de desintoxicação”, afirma a nutricionista Andrea Hirga. Com dois copos por dia, um cardápio leve e atividades físicas é possível eliminar até 4 kg em 15 dias.

Os novos aliados da sua dieta
A orientação da nutricionista é consumir 500 ml do suco detox por dia, entre as refeições ou junto com o café da manhã e lanches da tarde. Você deve misturar o pó com água conforme a orientação do fabricante ou ainda bater no liquidificador com frutas, água de coco e gengibre. Se não quiser consumir a versão em pó, há outras opções, como os sucos que já vêm prontos e até em cápsulas. Todos eles são encontrados em lojas de produtos naturais ou em farmácias.

Prontos, em pó ou em cápsulas os sucos detox podem dar um up na sua dieta!
Foto: Divulgação

1. Detox Shot, Smart Life, R$ 4,95* (60 ml) – Já vem pronto e é indicado consumir no máximo dois por dia.

2. Livretox, ChaMais, R$ 34,90* – Em pó, é zero açúcar e tem dois sabores.

3. Detox, Bellenew, R$ 21* – Em cápsulas, a recomendação é tomar três antes das refeições.

4. SuperVerde, Uuulalá, R$ 15,90* (500 ml) – É um mix pronto de couve, limão, pepino e gengibre.

Como turbinar a faxina no organismo
A dica é seguir um cardápio de 1.400 calorias diárias. Segundo a nutricionista Andrea Hirga, carne vermelha, derivados de trigo (como o pãozinho), alimentos industrializados e laticínios devem ficar de fora do prato nessas duas semanas. Assim como a cervejinha e as frituras. Eles estufam, trancam o intestino e deixam a barriga mais inchada. Já os vegetais e frutas diuréticas, como a melancia, além de linhaça, aveia, castanhas e nozes, são superindicados para aumentar a potência do suco detox pronto. “Esses alimentos são antioxidantes, combatem o envelhecimento precoce e eliminam as toxinas. Quanto menos toxina no corpo, mais produção de colágeno. Ou seja, o cabelo, a pele e a unha também se beneficiam com essa limpeza”, garante Andrea. Para finalizar a combinação, fazer exercício físico é importantíssimo nesse processo! A dica é caminhar uma horinha por dia ou fazer aulas de bike ou dança.

Leia também: Max Detox reclamações

Cardápio rápido
Café da manhã
1/2 mamão papaia ou 1 banana + 1 col. (sopa) de mel + 1 col. (sopa) de aveia ou quinua em flocos + 1 copo de suco detox

Leia também: Phytophen funciona

OU

2 fatias de pão sem glúten + 1 col. (sobremesa) de pasta de soja + 1 copo de suco detox

Lanche
1 porção de frutas secas e oleaginosas (2 damascos + 1 castanha-do-pará + 1 col. (sopa) de uva-passa)

OU

1 fatia média de melancia

Almoço
4 col. (sopa) de arroz integral com brócolis + 2 col. (sopa) de lentilha cozida + 1 filé de peixe grelhado + 1 prato (sobremesa) de rúcula + manga + tomate-cereja

OU

1 batata cozida com ervas finas + 1 peito de frango grelhado com molho de maracujá + 1 prato (sobremesa) de salada de trigo em grãos + tomate + pepino + cebola roxa + hortelã

Lanche
1 tapioca com purê de maçã (sem açúcar) e canela ou geleia natural de frutas vermelhas + 1 copo de suco detox

OU

1/2 xícara de manga batida com iogurte de soja

Leia também: Kifina funciona

Jantar
1 omelete preparada com dois ovos + tomate e orégano + 1 porção de vagem refogada + 1 prato (sobremesa) de alface + tomate + pepino + queijo branco + gergelim + 1 fatia média de abacaxi grelhado com caldo de meia laranja e uma pitada de gengibre

OU

1 prato de creme dourado com cogumelos (prepare com alho, cebola, cenoura e abóbora) + 1 prato (sobremesa) e salada de agrião + tomate-cereja + semente de abóbora tostada

Ceia
1 xíc. de chá de maçã

OU

1 copo de água de coco batido com 1 fatia de abacaxi e hortelã

Leia também: Farinha seca barriga funciona

Massagem modeladora reduz até 5 cm da silhueta em três sessões

Massagem modeladora reduz até 5 cm da silhueta em três sessões

Pensada especialmente para mulheres e homens atarefados, que buscam tratamentos estéticos expressos entre um compromisso e outro, a massagem modeladora detoxi-redutora promete diminuir até cinco centímetros de circunferência, em três sessões de uma hora, cada. Funcionando como uma “lipoaspiração não invasiva”, a técnica utiliza ativos termogênicos, que aumentam a temperatura do corpo, para secar medidas.

Para que essas substâncias penetrem profundamente na pele e alcancem o efeito esperado, os movimentos manuais da massagem e o auxílio da tecnologia do ultrassom são fundamentais. Dessa maneira, é possível enxugar com rapidez o agrupamento de gorduras em áreas como flancos, barriga e culote. “Para manutenção do novo manequim, é indicado fazer novas sessões, duas vezes por semana”, indica Vanessa Metz, especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

Leia também: massagem redutora

Massagem modeladora detox-redutora promete secar medidas, em três sessões de uma hora, cada
Foto: Shutterstock
Nas áreas onde há concentração de celulite e gordura localizada, o protocolo também é auxiliar, já que as manobras ainda têm efeito de uma drenagem linfática manual, desintoxicando o organismo ao liberar o líquido que se deposita entre as células e que não consegue se movimentar sozinho.

Leia também: Kifina bula

Passo a passo
Para iniciar a sessão, é feita uma esfoliação corporal com óleo de semente de abricó, que estimula a renovação celular. Em seguida, é aplicado um gel com ativos mobilizadores de gorduras como cafeína, silício orgânico, argenina, guaraná e centella asiática. Nesse passo é usado o aparelho de ultrassom para estimular a diminuição das células adiposas.

Leia também: Phytophen bula

Além dessas etapas, é possível incluir o uso de radiofrequência para ajudar no sucesso da técnica e ainda eliminar os vestígios de flacidez que podem aparecer em virtude da diminuição da silhueta. E, claro, adotar uma alimentação balanceada para prolongar os resultados alcançados. Realizada em clínicas de estética de todo o Brasil, a massagem redutora custa, em média, R$ 250, por sessão.

Leia também: Farinha seca barriga bula

Como praticar atividades físicas com o frio

Como praticar atividades físicas com o frio

Com a baixa temperatura é fundamental fazer aquecimento e dormir cedo

Fazer atividades físicas ou praticar esportes durante o inverno é bem mais difícil e desanimador do que no verão. O frio nos leva mais ao sedentarismo e ao consumo excessivo de alimentos calóricos e, a conseqüência disso, um provável e indesejado aumento de peso.

Há uma série de obstáculos, quase intransponíveis, para coibir a prática de exercícios físicos. Entre os empecilhos de se manter a forma estão o fato de ter que acordar mais cedo para treinar, ir para casa no fim da tarde ou à noite por conta do frio intenso, a preguiça que a estação gelada desencadeia, a menor exposição do corpo, entre outros fatores.

Leia também: melhor Exercício para queimar calorias

Algumas atitudes podem ser benéficas e certeiras para não perdermos a vontade de praticar atividades físicas durante o inverno. Confira uma série de dicas para ter mais ânimo para os exercícios físicos rotineiros:

– Aqueça antes de iniciar: o alongamento deve ser feito, mas é indispensável que o praticante faça um aquecimento para elevar a temperatura corporal e lubrificar as articulações fazendo com que se inicie a atividade principal com mais entusiasmo;

– Se puder, contrate um Personal Trainer: nesse período é muito bom para se manter fiel aos treinos, um profissional preparado para traçar um planejamento mais especifico e gerar mais comprometimento;

– Procure dormir mais cedo: o descanso é fundamental para ter resultados satisfatórios e se manter firme no programa. Para quem treina pela manhã a necessidade é maior ainda;

– Pule da cama enquanto é tempo: evite usar as funções Soneca do seu celular e despertador. No inverno, a vontade de ficar um pouco mais na cama é mais tentadora e algumas pessoas acabam cedendo até chegar uma hora que vão chegar a triste conclusão: Ah, agora não vai dar mais tempo mesmo, deixa que eu treino amanhã;

Leia também: Phytophen funciona
Leia também: Kifina funciona

– Não perca o foco: se preocupe a todo o momento com seus resultados e metas a serem alcançadas. Não se esqueça de que o inverno vai passar e depois você não terá tempo suficiente para se preparar para o verão. Nesse momento existe um risco muito grande de entrar no efeito sanfona;

– Pratique modalidades que goste mais: seja na academia, em casa ou no parque, essa é uma época que, mais do que nunca, você deve praticar atividades que tenha mais afinidade. Evite atividades que possam te desanimar ou provocar alguma dor. É importante que a prática esteja alinhada com seus objetivos e respeite suas limitações, por isso é indispensável a orientação de um professor de educação física.

Farinha de banana verde emagrece e regula o intestino

Farinha de banana verde emagrece e regula o intestino

Estudo mostrou que o alimento, que possui sabor neutro, também pode prevenir o surgimento da diabetes tipo 2

A banana já se mostrou um verdadeiro coringa para quem busca uma alimentação saudável. De sabor adocicado, pode servir para adoçar receitas. Sua biomassa, feita com a fruta ainda verde, também pode engrossar caldos ou smooths. Sua versatilidade ainda abrange outro ingrediente importante: a farinha de banana verde.

Segundo Fabiana A. Hoffmann Sardá, Dra. em Ciências dos Alimentos, a farinha de banana verde é rica em fibra alimentar, particularmente de amido resistente, e contribui para o bom funcionamento intestinal e controle da glicemia.

Um estudo conduzido por Fabiana sobre a farinha de banana verde mostrou que, testada em pessoas saudáveis e sem sobrepeso, este alimento contribuiu para a saciedade, ou seja, reduziu-se a quantidade de alimento ingerido na próxima refeição. “Entretanto, não se pode afirmar que proporciona redução de peso e sim que é um produto que pode auxiliar em menor ingestão energética”, explica a especialista.

Leia também: Phytophen funciona

O estudo mostrou ainda que, além de aumentar a sensação de saciedade e reduzir a fome, a farinha de banana verde pode reduzir indicadores de resistência à insulina. “Notamos que, no grupo que recebeu a farinha, houve aumento da sensibilidade à insulina. Isso é um sinal positivo, já que estudos sobre a diabetes tipo 2 apontam a diminuição da sensibilidade à insulina como um dos primeiros passos para o desenvolvimento da doença”, afirma Fabiana.

Farinha de banana verde na cozinha
A farinha de banana verde tem sabor neutro e pode ser adicionada sobre os alimentos, assim como a granola. Também pode ser utilizado no preparo de shakes. “Não há uma recomendação diária estabelecida. Mas testamos cerca de 8 g por dia e foram verificados os efeitos benéficos, sem efeitos adversos”, explica a especialista. Lembrando que o consumo em excesso de alimentos com muita fibra alimentar pode ocasionar flatulência e até diarreia.

Fabiana conta que a farinha é feita somente com a polpa da banana verde, dispensando-se a casca. O processo de secagem da fruta para obter uma farinha com alto conteúdo de amido resistente (cerca de 50%), no entanto, necessita de um aquecimento baixo e ser controlado em equipamentos próprios, por isso, é difícil produzir a farinha em casa.

Leia também: Farinha seca barriga funciona

Sendo assim, o ideal é comprar o produto pronto, mas é preciso ter cuidado. Fabiana avaliou 12 marcas presentes no mercado e concluiu que somente duas conservavam teores de amido resistente considerados adequados (50% a 60%), sendo que outras oito conservavam apenas 20%. “Só duas podiam ser chamadas de farinha de banana, porque as outras continham altíssimos teores de amido de milho. Portanto, fique atento à textura do produto quando abrir o pacote. Se ele tiver textura próxima à da maisena, desconfie”, alerta.